por myselfoutforme

A gente cresce. Percebe que não vale a pena se humilhar tanto por algumas migalhas de atenção. E que também não é ignorando o orgulho, fingindo que ele não existe, que a gente consegue que gostem de verdade de nós. Descobrimos que o amor próprio é fundamental! E que não é disfarçando a dor ou a tristeza com um sorriso falso de orelha a orelha, nem enchendo a cara de bebida, nem se drogando, que os problemas desaparecem. Os 365 dias do ano não são feitos apenas de vitórias… as derrotas também batem na nossa porta. E, que bom!, elas nos ensinam também… a melhorar para a próxima vez, sempre!
E assim os dias passam, e os meses, e os anos. Com o passar do tempo muitas coisas vão ficando pra trás. Desde que nasci deixei fraldas, chupeta, bonecas, amigos, amores. Olhar pra trás às vezes traz para a beiradinha das pálpebras algumas lágrimas encharcadas de saudade! E, pra dizer a verdade, eu acredito que a saudade é o ônus do tempo. E que o tempo tem um efeito transformador: provoca mudanças conforme vai passando. E que mudar significa crescer.
E, a cada mudança boa, nossa alma fica mais bonita, ganha uma cor, e por onde passa vai colorindo por aí, colocando graça no que toca. E nos damos conta de que, se procuramos evoluir todos os dias, também todos os dias devemos mudar.
Deve ser por isso que dizem que “a mudança é a lei da vida”. Eu concordo e assino embaixo! Boas mudanças para nós. (Larissa Xavier)

Anúncios